FILIPE LOPES | Marisa + Leandro = Tomás

 

Marisa + Leandro = Tomás

 

Adoro fotografar casais de sorriso rasgado, ainda para mais quando há um pequeno ser a roubar-lhes o coração. São sessões sempre tão bonitas, porque há imensa esperança no ar, muito amor misturado com um entusiasmo que lhes enche o coração e dá um outro alento aos dias. A realidade que conhecem cedo se vai transformar noutra completamente diferente e, segundo o que dizem, a vida nunca mais volta a ser a mesma.

Hoje trago-vos uma sessão dessas, de uma família a dois, prestes a serem três. Um casal sensacional e que tenho o privilégio de chamar de família.

Em Maio caminhámos pela freguesia da Urzelina num final de tarde com a luz mais bonita de sempre, a adivinhar o Verão que se aproximava. Viver em São Jorge nos Açores não é apenas viver com as vaquinhas e o queijo, mas também é ter a sorte de termos locais cheios de árvores bonitas, flores que nos deliciam com o seu silêncio e quietude. O mar, as paisagens deslumbrantes.

Esta sessão teve uma particularidade. Tive como companhia o meu colega Rui Silveira e uma excecional fotografa do Canadá. A Cristina da Silva. Convido a uma visita ao seu extraordinário portfólio. Aproveitamos a sua visita a São Jorge para, em conjunto realizarmos um workshop de fotografia. Foram 5 dias de muitas fotografias, conversas, sessões e acima de tudo; partilha.

De seguida deixo um resumo da nossa sessão: